Nos próximos seis a nove meses, o Walmart realizará testes para utilizar drones para trabalhar em seus centros de armazenamento e distribuição de mercadorias. Os testes são uma iniciativa do grupo de Tecnologia e Ciências Emergentes da empresa, que investiga possibilidades de se usar drones, realidade virtual e outras técnicas para agilizar sua cadeia produtiva. A ideia da empresa é usar as aeronaves autônomas para inventariar produtos em seus depósitos e centros de distribuições. Nos Estados Unidos, a empresa tem 190 centros de distribuição, cada um dos quais atende de 100 a 150 lojas. Atualmente, a catalogação de mercadorias nos centros é feita manualmente por trabalhadores com escaneadores de códigos de barras. Depois que as máquinas começarem a fazer o trabalho humano só Deus sabe onde vamos parar e pelos números isso se torna ainda mais assustador. Será um começo para a Skynet? Afinal de contas a inteligência artificial tem que estar presente. Até a próxima.

André Navarro

Sobre André Navarro

Empresário e autodidata. Experiência com mais de 15 anos em desenvolvimento de aplicativos, proprietário da startup AuditPhone, possui diversos aplicativos móveis corporativos desenvolvidos, colunista do Tecnolóide, programa sobre dicas de tecnologia da Rádio Beach Park e e consultor em Tecnologia da Informação.